segunda-feira, 25 de junho de 2012

REVESTIDOS DE CRISTO


Romanos 13:11-14


A carta aos Romanos sem dúvida é a mais completa em termos teológicos que encontramos nos escritos sagrados. Paulo agora vai tocar em um assunto que muitos dizem que ele não fala nesta carta, a escatologia. A volta de Cristo não é explicada com a mesma profundidade que ele faz aos Tessalonicenses, que foi uma carta escrita especificamente sobre isto. Nem com a mesma ótica que ele dá na carta aos coríntios, onde o foco da ressurreição é tremendo. Mas nesta carta aos romanos ele faz da volta de Cristo a nossa grande esperança da consumação de nossa salvação.
Este parágrafo é a conclusão do trecho onde o apóstolo se preocupa em mostrar que o cristão deve ter uma vida de obediência às autoridades e de amor uns para com os outros, incluindo com aqueles que os perseguem. A expressão “E digo isto” mostra claramente o que acabamos de dizer. Paulo aqui concorda com Pedro quando em sua carta este enfatiza a santidade como sendo algo essencial para quem realmente aguarda o encontro com o Senhor (II Pe 3:11).