segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

A MENTE DE CRISTO NO MUNDO MODERNO


Antonio Carlos G. Affonso

A Mente de Cristo: Conversão e Cosmovisão Cristã (Vida Nova, 2012, 224 páginas) de Norma Braga Venâncio é um livro que trata os aspectos da cosmovisão cristã versus a cosmovisão secular. A autora mostra um perfil conservador sobre o assunto buscando manter a centralidade de seus argumentos numa interpretação ortodoxa das Escrituras.
Norma divide seu livro em três partes onde são inseridas crônicas e artigos escritos pela autora. Na primeira parte Norma Braga nos apresenta seu testemunho de conversão. Ela tem uma grande preocupação em mostrar a consciência de pecado que preencheu sua mente levando-lhe à “felix culpa”. Nesta parte ela mostra que a Igreja atual não está isenta do sincretismo que o mundo procura lançar sobre ela. Desta maneira ela destaca a necessidade do conhecimento de Deus e o viver e a salvação somente pela fé.
Ela encerra esta parte mostrando que ainda está em processo de aperfeiçoamento deixando o relativismo emocional e passando para uma fé madura e consciente de suas responsabilidades. Neste interim ela afirma que abre o seu blog e este serve como meio de reexame do seu cristianismo.

UM LOUVOR PELA GRAÇA – PARTE 1

A humildade de Maria

Lucas 1:46-55
46 Disse, então, Maria: A minha alma engrandece ao Senhor,
47 e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
48 porque atentou na humildade de sua serva; pois eis que, desde agora, todas as gerações me chamarão bem-aventurada.
49 Porque me fez grandes coisas o Poderoso; e Santo é o seu nome.
50 E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem.
51 Com o seu braço, agiu valorosamente, dissipou os soberbos no pensamento de seu coração,
52 depôs dos tronos os poderosos e elevou os humildes;
53 encheu de bens os famintos, despediu vazios os ricos,
54 e auxiliou a Israel, seu servo, recordando-se da sua misericórdia.
55 (como falou a nossos pais) para com Abraão e sua posteridade, para sempre.
Depois de receber a notícia que seria a mãe do Verbo de Deus, Maria se dirige às montanhas para se encontrar com sua prima, Isabel. Após o encontro as duas se alegram muito e nos dão exemplos maravilhosos da verdadeira comunhão entre os santos de Deus.
A criança no ventre de Isabel salta de alegria, sua mãe é cheia do Espírito Santo e daí por diante o que se vê é tudo fruto da ação do Espírito que começou desde o anúncio do nascimento de João, passando pelo anúncio do nascimento do próprio Cristo. Ambas as mulheres foram agraciadas por Deus e por isto podiam estar felizes em seus corações. Maria, então, passa a expressar um louvor de gratidão que demonstra o quanto devemos ser gratos pela graça de Deus derramada sobre nós.