quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

SOBERANIA DE DEUS E O SOFRIMENTO HUMANO




Tenho pesquisado sobre o assunto já faz alguns anos. Confesso que quanto mais leio mais descanso na Palavra de Deus. Não porque concorde com essa ou aquela linha, muito pelo contrário, parece na maioria das vezes que há radicalismos de todos os lados.
Não creio que a soberana vontade de Deus seja um determinismo absoluto, embora creia que nenhum fio de cabelo cai sem que o Senhor permita. Também não creio que Deus enviará alguém para o inferno sem que este mereça, mas sei que de alguma forma, que não consigo explicar tudo já está escrito. Não creio realmente que a vontade humana seja capaz de fazer o homem se aproximar de Deus, a não ser que seja pela exposição pura da Palavra e da ação do Espírito Santo.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

GLORIFICANDO A DEUS EM NOSSAS VIDAS



Lucas 2:8-20

8 Ora, havia, naquela mesma comarca, pastores que estavam no campo e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho.
9 E eis que um anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor.
10 E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo,
11 pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.
12 E isto vos será por sinal: achareis o menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.
13 E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus e dizendo:
14 Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!
15 E aconteceu que, ausentando-se deles os anjos para o céu, disseram os pastores uns aos outros: Vamos, pois, até Belém e vejamos isso que aconteceu e que o Senhor nos fez saber.
16 E foram apressadamente e acharam Maria, e José, e o menino deitado na manjedoura.
17 E, vendo-o, divulgaram a palavra que acerca do menino lhes fora dita.
18 E todos os que a ouviram se maravilharam do que os pastores lhes diziam.
19 Mas Maria guardava todas essas coisas, conferindo-as em seu coração.
20 E voltaram os pastores glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito.

No último sermão vimos que tudo que fazemos deve ser para a glória de Deus. Os anjos anunciaram aos pastores que o Salvador nascera. Estes entes celestiais passaram a glorificar a Deus de uma forma majestosa. Que cena incrível deve ter sido esta! Os pastores ficam estarrecidos diante do esplendor.
As atitudes dos pastores culminam com o seu retorno glorificando a Deus. Isto nos traz algumas ideias sobre vidas que glorificam a Deus.

domingo, 10 de fevereiro de 2013

CUIDADO COM O FALSO ARREPENDIMENTO



Oseias 6:1-11

Falamos no último sermão sobre os passos ao verdadeiro arrependimento. O texto na realidade mostra algo muito mais amplo do que isto. Israel está dizendo que volta para o Senhor, mas seu arrependimento não é verdadeiro. Mesmo que os primeiros dois passos mostrem um interesse, mas eles não foram feitos do fundo do coração, por isso o terceiro passo é fundamental. O arrependimento é ineficaz se apenas um dos passos existir.
O texto em questão nos traz alguns alertas para termos cuidado com o falso arrependimento. Apesar de o desejo de conhecer a Deus ser um dos sinais do verdadeiro arrependimento, ele precisa ser realizado com muita sinceridade. É isto que Oséias mostra em todo capítulo.