sábado, 1 de março de 2014

OUVINDO O CHAMADO DE DEUS

Lucas 5:1-11


1 E aconteceu que, apertando-o a multidão para ouvir a palavra de Deus, estava ele junto ao lago de Genesaré.
2 E viu estar dois barcos junto à praia do lago; e os pescadores, havendo descido deles, estavam lavando as redes.
3 E, entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assentando-se, ensinava do barco a multidão.
4 E, quando acabou de falar, disse a Simão: faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar.
5 E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, porque mandas, lançarei a rede.
6 E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede.
7 E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que os fossem ajudar. E foram e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique.
8 E, vendo isso Simão Pedro, prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, ausenta-te de mim, por que sou um homem pecador.
9 Pois que o espanto se apoderara dele e de todos os que com ele estavam, por causa da pesca que haviam feito,
10 e, de igual modo, também de Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão. E disse Jesus a Simão: Não temas; de agora em diante, serás pescador de homens.
11 E, levando os barcos para terra, deixaram tudo e o seguiram.

São três textos paralelos (Lc 5:1-11; Mt 4:18-22; Mc 1:16-20). Não podemos considerar João 1:35-42. No texto joanino vemos o primeiro encontro de Pedro, Tiago e João com Jesus. Eles se tornam discípulos de Cristo como muitos outros se tornariam ao longo dos três anos de ministério de Cristo. O texto que agora analisamos, juntamente com seus paralelos, é a chamada de Cristo para o apostolado. Embora já tivesse profetizado que Pedro seria uma das colunas (Jo 1:42), agora começa a reunião daqueles que mais tarde seriam conhecidos como os 12 apóstolos.
Somente em Mateus 10:1-4; Marcos 3:13-19 e Lucas 6:12-16 é que Jesus vai consolidar este corpo apostólico, mas agora ele está iniciando, chamando e formando. Nos textos mais adiante falaremos sobre este chamado maravilhoso de Jesus.
É interessante notar que somente Lucas narra a pesca maravilhosa. Apesar de ser o mais intelectual de todos os escritores dos evangelhos, ele tem a preocupação de narrar o lado sobrenatural deste chamado de Cristo.